Menu fechado

Abusos: Como superar e seguir em frente?

Parte 4

No fim de semana lá estava ele mais uma vez, como se nada tivesse acontecido e eu ali ainda não acreditando que aquilo tinha acontecido comigo. Eu desejava ter um futuro diferente,  me casar com alguém que me amasse para então descobrir um ao outro em uma noite de núpcias, mas aquele monstro destruiu meus sonhos, roubou minha pureza, como eu o odiava, ali aumentou ainda mais o desejo de matar ele.

Quando olhava para ele sentia nojo odiava olhar ele perto da minha mãe depois do que me fez, como eu o odiava. Ainda me chamava de minha querida, dizia que me via como a filha que ele não tinha. Que ódio que tinha dele, sentia meu corpo fervilhar de ira. Olhava para ele e pensava maldito, como eu o odiava!

Ele olhava para mim e com um olhar sínico, sorria de maneira perversa. Eu me perguntava como minha mãe não percebia nada e isso me irritava ainda mais. Eles foram ficando mais sérios e aquilo nunca mais se repetiu, mas eu continuava desejando e pensando como poderia matar o Marlon. Quando ele chegava eu ia para o meu quarto, as vezes chorava, outras me cortava, com o tempo vi nos cortes uma maneira de me sentir mais leve e de colocar aquela dor pra fora.

Como eles já tinham um bom tempo namorando um dia minha mãe decidiu que iria sair do aluguel e nos mudaríamos para casa dele. Quando ela me falou isso  quase morri, senti o sangue sair da minha face e me senti pálida e como em estado de choque. Um pensamento de que ele iria acabar comigo me dominou mais rápido do que pude evitar.

Mas eu sabia que minha opinião não importava, ela já tinha decidido e infelizmente eu não poderia falar nada. Nos mudamos, ele era atencioso e carinhoso com minha mãe o que fazia ela se sentir feliz com ele já que meu pai a agredia e lhe fazia sofrer. Ele me tratava bem na frente dela e até parecia ser um bom homem,  porém…

Continua…

Insta: _umamigo

Tumblr:umamigoo

Face: fb.com/umamigoo

Email: falecom@umamigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *